sábado, 17 de dezembro de 2011

DEZEMBROS


Enfim, mais um dezembro!!!

Dois mil e onze foi assim, rápido e ligeiro como um foguete, como tem sido todos os anos anteriores, cada vez mais rápido, cada vez mais ligeiro.

Em 2011 vivi todas as emoções que quis e até algumas que não quis.

Ao som de Firework e Heartbreak Warfare planejei minha mudança pra São Paulo e sonhei com um grande amor. Entrei em atrito e homéricas discussões desnecessárias com mamãe, que era contra minha vinda pra São Paulo. Em encontros semanais com queridos amigos, saboreei jantares maravilhosos e preparei "bons drink" entre uma e outra incorporada da globeleza e coreografias da Lady Gaga. Me livrei de um emprego horroroso. Fiz longas caminhadas noturnas à beira mar imaginando minha nova vida. Encontrei pessoas, estreitei laços, desatei outros. Fui desejado e beijado por alguém inesperado, fiquei surpreso e fascinado. Arrumei malas, flutuei entre nuvens, cheguei à São Paulo. Recomecei. Arrumei trabalho, amigos, fiz aniversário. 30 anos. A maturidade afinal. Será? Criei um novo blog chamado Aos trinta - Registro de memórias. Morei junto por dois meses com um amigo especial, a experiência não foi como imaginávamos, mas valeu. Me apaixonei por alguém que não se apaixonou por mim, pior que isso, não quis nada comigo. Não me desejou, não me beijou, nem sequer me tocou. Ofereceu-me amizade apenas, tentei aceitar, não deu. Migalhas. Amor platônico é assim, só acaba quando é arrancado pela raíz. Agora passou, nem amor, nem amizade. Assisti um filme francês chamado OS AMORES IMAGINÁRIOS, me identifiquei. Presenteei amigos em seus aniversários. Chorei por amor. Gargalhei. Falei bobagens. Fiquei sem grana. Passei no vestibular. Adotei São Paulo como minha cidade. Senti saudade!!!

E enfim, mais um dezembro pra rememorar velhas novidades.

Talvez essa seja a última postagem do ano, talvez não, vai depender de tempo e inspiração, até lá, ainda tem natal e reveillón.

Um comentário:

dany disse...

obrigado pelo ´´amigo especial´´
experiencias assim acontecem em nossas vidas, as vezes para reforçar o que já era forte, como a nossa amizade...
te adoro
e te desejo tudo de bom, que o teu fim de ano seja maravilhoso, eu não vou estar ai contigo, mas estarei torcendo pra que as coisas aconteçam, e que vc realize seus sonhos.....